Dicas para alcançar a paz de espírito na vida
26 de Setembro, 2021

14 Dicas para alcançar a paz de espírito na vida

Por superuser

A paz de espírito, também chamada de paz interior, seria nosso equilíbrio interno, algo como saber controlar nossa mente, resumidamente a paz de espírito seria o contrário do estado ansioso da nossa mente, seria estar pleno mesmo em meio às adversidades.

Alguns psicanalistas defendem que não temos condições de absorver a quantidade de informação que está ao nosso redor e que chega tão rápido até nós devido à hiper-conectividade mundial, o que é prejudicial, deixando a mente acelerada e dificultando nosso foco, além da carga negativa que muitas notícias trazem que acabam nos sugando as forças.

Por vezes parece mesmo muito difícil conquistar este tipo de equilíbrio interior, principalmente por conta das cobranças tanto externas como também internas, pois além de uma sociedade competitiva, ainda tem nossas altas expectativas a respeito de nós mesmos, muitas vezes cobrando um alto padrão ou até mesmo uma perfeição inatingível.

Você sente que precisa dessa paz, dessa plenitude, mas não sabe como alcançá-la? Vamos compartilhar neste artigo algumas dicas que vão ajudar a compreender o que se pode fazer ou que tipo de conduta devemos ter no dia a dia para ter essa tão sonhada paz de espírito.

1) Não se cobre tanto

Muitas vezes queremos abraçar o mundo todo, fazer mil coisas ao mesmo tempo, e dar conta de tudo com perfeição, então nos frustramos quando algo não funciona como planejado.

Não coloque sobre si este fardo, deixe de se cobrar tanto, de se exigir demais e permita-se deixar para amanhã algo que não precisa necessariamente ser feito hoje e então simplesmente relaxe.

Outra coisa importante é ter em mente que não é possível agradar a todos, portanto, não exija de si mesmo ser sempre aceite ou bem-visto pelas outras pessoas, até mesmo porque a opinião das outras pessoas, não é o que define quem você é.

2) Procure abstrair do excesso de informações

Não mantenha seu foco nas notícias ruins ou nas tragédias, amplie sua visão e foque em coisas positivas à sua volta. Algo bonito de se ver, uma boa canção para ouvir, uma boa refeição… enfim, coisas que te façam bem, isso vai te ajudar a desacelerar sua mente. 

Recomendamos:  Quais as causas do ronco e como acabar com ele

Outra dica para fazer isso é usar de técnicas de relaxamento, mindfulness ou ioga.

3) Ame-se e aceite-se

O amor-próprio precede o autocuidado, você precisa aceitar quem é e amar essa sua versão de hoje. Só assim vai cuidar adequadamente do seu corpo e da sua mente, alcançando um estado de paz interior.

Valorize suas características únicas, seus talentos e habilidades investindo algum tempo nelas como, por exemplo, se você tem talento musical, invista um tempo para cantar ou tocar, isso faz parte de se aceitar e amar.

4) Seja tolerante

Todos somos diferentes com qualidades, defeitos, ideias e ideais que se diferenciam, mas isso não deve ser razão de conflitos.

Mantenha a paz com as pessoas ao seu redor, seja gentil e pacífico e, se não for possível manter essa atmosfera por conta de pessoas negativas, afaste-se dessas pessoas que gostam de discutir ou que trazem negatividade para sua vida.

Seja tolerante consigo mesmo também, às vezes, cometemos erros, o mais importante é estar disposto a aprender com eles e seguir em frente.

5) Seja generoso 

Tudo o que fazemos de bom é uma boa semente que a seu tempo acaba trazendo frutos para nossa vida. É como diz um provérbio antigo “Ninguém é tão pobre, que não possa dar, nem tão rico, que não possa receber.” 

Sempre temos algo que podemos oferecer aos outros. Algumas vezes nem é algum bem que doamos, mas é uma palavra amiga, um abraço ou um sorriso que vão mudar o dia de alguém para melhor.

6) Desfrute do presente 

Tudo o que existe é o agora, não viva esperando pelo amanhã para poder se realizar, esta é a principal causa de ansiedade: o excesso de futuro. 

O mesmo vale para o excesso de passado, sendo uma das principais razões da depressão, pois a pessoa fica remoendo o que já passou e não consegue viver o hoje.

O fato do agora ser chamado de presente já deveria ser em si um aviso de que devemos aproveitá-lo da melhor forma.

Recomendamos:  Você é esquecido? Conheça 7 hábitos que melhoram a falta de memória

7) Valorize seu momento 

Que tempo da vida você está vivendo? Pense sobre isso e valorize cada pequena conquista do seu dia, nem tudo são grandes eventos, algumas vezes a pausa para o cafezinho é um dos momentos mais sublimes então aprenda a identificar e a aproveitar esses momentos.

8) Um passo de cada vez 

Você não precisa necessariamente viver uma virada para a vida acontecer. Você precisa apenas dar um passo de cada vez, viver um dia de cada vez e aproveitar cada parte dessa sua jornada, ou seja, desacelera!

9) Desfrute de bons relacionamentos

Ninguém pode viver sozinho, não é mesmo? As pessoas são parte da nossa vida, podemos desfrutar dos nossos relacionamentos da melhor maneira possível, aprendendo com as pessoas que estão ao nosso redor e também permitindo que elas sejam um canal de boas energias que vão trazer paz interior.

10) Aceite as mudanças 

O fato de não aceitarmos as mudanças e reviravoltas da vida não faz com que elas deixem de acontecer, pelo contrário, é como se ficássemos andando em círculos até que algo mude em nossa mente.

Coisas ruins acontecem, mas elas não são tudo, como vamos agir com o que acontece é que faz a diferença. Escolha não se desesperar e se a vida te der um limão, acredite, existem inúmeras receitas em que você poderá usá-lo.

11) Aprenda a controlar a raiva

Tem um personagem clássico que quando fica com raiva, sai esmagando tudo, o incrível Hulk. Muitas vezes somos como ele, gritando, agredindo quem está por perto e quebrando tudo, mesmo que metaforicamente, o que não resolve os problemas e normalmente ainda torna tudo mais difícil. 

Aprenda a controlar a raiva, a acalmar seus pensamentos para conseguir mais leveza na sua vida.

12) Desligue do que te faz mal

Hábitos ruins vêm normalmente acompanhados de culpa, o que faz muito mal para nosso espírito, seria um tipo de veneno que traz consequências, mentimos aos outros e a nós mesmos tentando defender esses hábitos que podem ser vícios, atitudes negativas ou até mesmo manias que não queremos deixar, mas, no fundo, sabemos o quanto são nocivos e precisam ser deixados de lado se quisermos a verdadeira paz de espírito.

Recomendamos:  Superstições estranhas que muitas pessoas ainda acreditam

13) Perdoe

É praticamente impossível encontrar a paz de espírito enquanto carregamos o peso morto da pessoa a quem não perdoamos. Além de sugar nossas energias, ainda nos rouba a paz e a alegria quando não conseguimos nos desligar do mal que a pessoa nos fez.

A dica é perdoar a dívida de quem nunca vai poder te pagar, de quem nunca vai devolver os anos perdidos, ou o que for que nos tenha tirado. 

Pode não parecer justo, pois a pessoa realmente deve-nos algo, no mínimo um pedido de perdão, no entanto, a verdade é que enquanto não perdoamos, estamos carregando junto com essa pessoa o peso do seu erro, e quando perdoamos, ela fica sozinha com as consequências.

Não se preocupe com a justiça, pois uma das leis mais implacáveis do universo é a lei do retorno, deixe que a pessoa pague esta conta sozinha. Perdoe e assim poderá ter sua mente livre do peso que esta pessoa deixou.

14) Repare seus erros

Por outro lado, se você feriu alguém, procure reparar seu erro. A reparação faz parte do processo de cura das mais diversas doenças físicas e psíquicas, também nos ajuda a conquistar uma paz sem precedentes, devido à certeza de que estamos fazendo o que é certo, e a sensação de prazer que há nisso faz muito bem ao nosso espírito.

Essas são algumas dicas que vão te ajudar a encontrar a paz de espírito na vida, mas para que funcione, precisa acrescentar fé, acredite no que está fazendo, conecte-se com a força em que acredita, fale com Deus, fale com o Universo, tenha seus momentos de meditação ou de oração.

Cante seu mantra ou uma canção de adoração e peça ajuda para encontrar essa paz de espírito, que não significa estar tudo bem, mas significa que você aprendeu a lidar com tudo e é capaz de ficar em paz mesmo em meio às tempestades, porque sabe quem é e no que acredita.